Sobre Cintia Cruz

Cintia Cruz outside Aparelha Luzia, São Paulo

“I’m a Queer, Black feminist and PhD student researching ‘How Black Women in Brazil and the United States build their self-esteem.” – Cintia Cruz

Autoestima o projeto nasceu em 2014, de inquietações pessoais sobre meu modo de estar no mundo. Sobre quem eu sou. Durante muitos anos investi em construir uma imagem que pudesse agradar as pessoas ou me sentir parte de algum grupo. Vivi dois processos clássicos de auto-aceitação para mulheres afro-descendentes no Brasil: durante a infância e adolescência fui ensinada a reduzir as marcas da negritude, através do alisamento dos cabelos e da compra de roupas que representassem uma marca  relevante. E também a busca do corpo perfeito através da saga das dietas para manter o peso considerado adequado pela sociedade. Porém, incertezas sobre as razões das escolhas que fazia, em especial, dos itens e serviços que consumia para me sentir melhor comigo mesma sempre existiram.

Em 2013 finalizei minha pesquisa de mestrado, na qual eu conclui que parte importante do empenho de mulheres afro- descendentes na construção de autoestima elevada estava centrada nos esforços em transformar a imagem do corpo e assim conseguir melhor posição no mercado de trabalho e serem reconhecidas como corpos atraentes para a conquista de relacionamentos afetivos. A pesquisa do doutorado tem me oferecido a oportunidade de conhecer outras formas que mulheres afro- descendentes tem encontrado na construção de autoestima; Assim como chamado minha atenção para a responsabilidade em divulgar o que o conceito precisamente significa e o impacto que possui em nossas vidas.

Entre em contato para uma consulta personalizada